Archive

SQS 212 A

A premissa para o retrofit das fachadas deste bloco na asa sul (SQS 212 A) foi a de locação de condensadoras de ar-condicionado na cobertura do prédio. Assim, livramos qualquer elemento deste tipo das fachadas e evitamos a poluição sonora que elas causam em apartamentos

SQN 214 H

Este edifício residencial na SQN 214 fica de frente para o eixinho, movimentada avenida em Brasília, e a fachada frontal é virada para o poente. Além disso, o revestimento aderido (colado) das fachadas estavam se desplacando por conta do balanço existente nas varandas. Assim, juntando

Porto Azul

O retrofit deste bloco residencial em Brasília teve como inspiração de  paleta de cores de seus revestimentos o seu próprio nome: Porto Azul. Assim, a 'moldura" em U invertido em ACM azul, além de dar personalidade ao edifício, serve de duto para as linhas frigorígenas

SQS 104 H

O retrofit deste bloco na asa sul (SQS 104 H) tem alguns elementos para serem destacados. As venezianas de correr externa para controle solar dentro dos apartamentos, as janelas basculantes inferiores (sim, inferiores) e as carenagens que compões a fachada de forma harmônica e única

SQS 116 K

O retrofit deste prédio residencial na SQS 116 se caracteriza pelo fato do edifício ter "volumes" projetados em balanço nas fachadas. São 3 por apartamentos que viviam com infiltração. Nada resolvia, até que a contratação da Arquitetura 1 deu fim a este problema para sempre.

SQS 213 F

Neste retrofit de pilotis na asa sul, havia uma peculiaridade. As caixas de escada e elevadores são no centro do prédio, fazendo com que o pilotis tenha a circulação perimetral, sendo que a área construída é necessariamente no centro do pilotis. Para que as portarias

SQN 314 F

Ao ser contratado para este retrofit de fachadas e pilotis, o condomínio já havia comprado as pastilhas azuis, brancas e mescladas. A compra foi feita com o intuito de manter o conceito e cores originais do projeto original. Topamos de imediato, pois também seria nossa

SQS 110 B

Antes do retrofit a situação deste edifício residencial na asa sul a situação era a seguinte: a estrutura metálica das fachadas de piso a teto estava falida. A oxidação da estrutura era irreversível. 45 anos sem manutenção acabaram com as suas chances de recuperação. Além

SQS 203 I

Este retrofit de edifício residencial na asa sul partiu da necessidade de resolver problemas de infiltração nas varandas, que são de peças prémoldadas de concreto. Entre as peças, que trabalham entre si, a fissura é permanente e os problemas também. A solução veio com a

SQS 406 G

Este retrofit de edifício residencial na asa sul tem suas peculiaridades. Nas quadras 400 da cidade de Brasília, os prédios residenciais tem somente 3 pavimentos, diferente das outras quadras, que tem 5 e 6 pavimentos. Por conta disso, o fato dele possuir elevador e garagem

WeCreativez WhatsApp Support
Que bom te ver aqui....